quinta-feira, 17 de agosto de 2017

INCÊNDIO DA INCONFORMIDADE



A chama das velas fúnebres
Fogo da fúnebre pira
Incêndio da inconformidade
Luto colossal
Palavras poucas
Olhares encharcados
Assuntos embargados
Peito pesado
O mundo sob os ombros
Pensamentos obscuro confusos
O ódio circula sob a pele,
em borbulho profusão
Não há como impedir
Não há como deixar de sentir
Justiça, é só o que esperar
Vera Celms
Licença Creative Commons
INCÊNDIO DA INCONFORMIDADE de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Imagens colhidas na internet

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

A MEIO CAMINHO





Fazer promessas,
a quem nos importa,
e não poder cumpri-las,
é o caminho mais reto para o inferno

Vera Celms
Licença Creative Commons
A MEIO CAMINHO de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

terça-feira, 8 de agosto de 2017

VAI DA DOSE







Deixo as janelas abertas
O vento traz sempre noticias, informações
Do mundo, das coisas, das não coisas
Odores, olores, frescores
Até as pedras contam de si
Não é preciso tratar o excesso
Mas,  entender o processo
E tudo se acaba,
seja pela morte,  ou pela sorte
E tudo acabará
Seja em úmido beco escuro
Seja em arejado horizonte amarelado
A ponte é a mesma,
unindo pontos
findando contos
Reticencias não esmaeceriam tons
Nem linkariam
Os pregos e as pedras são os mesmos,  iguais,
nas cruzes, nos quadros ou nos sapatos


Venenos tanto engordam quanto matam
Vai da dose

Vera Celms
VAI DA DOSE de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.