segunda-feira, 11 de agosto de 2014

FILA PARA O INFERNO





Brancas flores,
Organizadas em cascata,
Cobrindo todo o espaço,
Negra mortalha,
Sobre pele alva,
Dourado castiçal, longa vela,
Ninguém a velar o corpo,
De fora, sob nublado céu,
Era possível ver a cena pela janela,
Noite afora, e o corpo só...
Em torno da casa, quase abandonada
Desfile de negras mascaras,
Negros vultos,
Tanto pesar,
As nuvens escondiam o dia, já pronto a chorar,
Vento de tempestade,
Mormaço, cheiro de flores,
A chuva não demora,
Logo também, chega a hora,
Almas não carregarão a morta,
Mesmo com medo, alguém deve voltar,
E será pela única porta,
De onde as negras almas espiam,
E o vento, as chamas das velas repicam,
Brancas flores,
Organizadas em cascata,
Logo alguém virá,
E do inferno, também não irá escapar...

Vera Celms
Licença Creative Commons
FILA PARA O INFERNO de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional

Nenhum comentário:

Postar um comentário