domingo, 22 de junho de 2014

AINDA AQUI





Acordei,
Novamente,
Abri os olhos e me acho no mesmo lugar,
Podia ter transcendido durante o sono
Podia ter viajado,
Talvez acordasse no umbral,
Talvez, dentre seres de luz,
Mas, me acho aqui novamente,
Sem ar,
Sem vontade,
Sem graça,
Lutando pra me mover,
Relutando pra respirar
O humor denuncia,
a pouca vontade de estar aqui...
Novo dia,
Velha luta...
Fecho os olhos de novo,
Ainda na esperança de me ver fora do corpo,
Mas, não acontece,
Hora de levantar,
Sem vontade,
Sem motivo,
Sem ter porquê...
Sem eira nem beira,
Sem sucesso de novo,
Vou à vida...

Vera Celms
Licença Creative Commons
AINDA AQUI de Vera Celms está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário