domingo, 21 de julho de 2013

INVERNO DA ALMA





A alma agora é uma geleira
Vista de longe
Sozinha, vazia, desolada,
Já não mais a visitam, outras almas
Já não mais se lembra,
ou se preocupa...
Já não se importa mais...
A gélida carne alquebrou os ossos,
Trincou o coração, irremediavelmente...
O inverno baixou impiedoso,
Tomou conta de todo espaço,
A vida perdeu a cor
Fecharam-se as janelas e portas,
A escuridão ficou então permanente
O vento derrubou as folhas já secas
E assovia, enquanto farfalham
Todos os outros sons, vem do imaginário,
Moram nas mortas lembranças
Trazendo alucinações, miragens,
Vozes do pensamento conturbado e atribulado
Imagens da insanidade já decantada e instalada
Agora, o coração não bate, fibrila,
Doente, assustado, foge
Esconde-se em velhas muralhas lodosas,
Cheias de sombras de medo
Ameaçadas, loucas, nervosas,
Doentes de abandono
Cheias de lástima,
Açoitadas e decapitadas vítimas
Que em valas simples
Putrefatas moram
Enquanto desgastadas e escurecidas
Almas mau assombradas
Isolam os conturbados em ilhas de si mesmos,
E riem-se desesperados, aflitos, nervosos,
Aplaudindo, gelidamente, a solidão alheia...
Destino talhado em fria pedra...

Vera Celms

4 comentários:

  1. CONVITE
    Passei por aqui lendo, e, em visita ao seu blog.
    Eu também tenho um, só que muito simples.
    Estou lhe convidando a visitar-me, e, se possível seguirmos juntos por eles, e, com eles. Sempre gostei de escrever, expor as minhas idéias e compartilhar com as pessoas, independente da classe Social, do Credo Religioso, da Opção Sexual, ou, da Etnia.
    Para mim, o que vai interessar é o nosso intercâmbio de idéias, e, de pensamentos.
    Estou lá, no meu Espaço Simplório, esperando por você.
    E, eu, já estou Seguindo o seu blog.
    Força, Paz, Amizade e Alegria
    Para você, um abraço do Brasil.
    www.josemariacosta.com

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, querido José Maria... convite recebido e aceito. Passei a te seguir também. Agora, seguimos juntos... venha sempre... beijos de VC

    ResponderExcluir
  3. Fizestes um retrato escrito de almas perdidas entre as trevas. Acredito que seja dessa forma.
    Grande criação Vera.
    Parabéns.
    Bjssssss

    ResponderExcluir
  4. Também imagino ser desta forma, querida MÔnica, frio, solidão, falta de saídas... Obrigado pela presença e pelo comentário... venha sempre, venha mais... beijos de VC

    ResponderExcluir