domingo, 19 de maio de 2013

HISTÓRIAS DE OUTRAS HISTÓRIAS






Era fácil saber
Quando ela não estava só
Falava do mundo dos espíritos
Contava casos passados,
Lugares que visitou
Dificuldades que enfrentou
Maravilhas que testemunhou
Conheceu a cura
Conheceu também a pesada mão
Que ronda, envolve e leva
O gosto de terra na boca
A saúde por um fio
Sonhar que está indo embora
Lutar... limpar tudo em torno
E ficar, vingar
Palavras carregadas, de outras almas
Que rondam cada história
Avalizando ou desabonando
Deixando-se ver nos olhos dela...
Pálpebras baixas,
No olhar, brilho pouco
No rosto, linhas endurecidas
Na boca, ressentimento
Tudo por um instante
Tudo por uma história
Vivida, vista, contada
Tudo por um triz...
Tudo mais uma vez...

Vera Celms

Nenhum comentário:

Postar um comentário