domingo, 25 de novembro de 2012

BRINQUEDOS GUARDADOS





Silencio!
A casa está escura
Portas e janelas fechadas
Não se ouve mais as brincadeiras
Todos dormem, ou
O esconde-esconde não acabou,
Continuo batendo cara?
-     Conto baixinho
1, 2, 3...   - 
Silencio!
Os brinquedos todos guardados
A grande caixa, cheia, no canto descansa,
O quintal coberto por folhas mortas
Conta que um dia já foi feliz
No varal pequenas meias penduradas
Esquecidas, contam que a casa é de crianças,
Não há risos, nem correria,
Não há choro, nem gritaria,
Não há mais crianças aqui,
Lá dentro lembranças se agitam por todo lado
Não permitem dormir
Não permitem sorrir
Este ano acabou de repente
Não haverão mais Natais,
Muito vai demorar
até para o sol voltar a raiar...
As crianças não mais vivem, aqui...

Vera Celms
Licença Creative Commons
O trabalho BRINQUEDOS GUARDADOS de Vera Celms foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

2 comentários:

  1. Tudo passa, só cabe a nós como passará!!! beijos, obrigado Janice...

    ResponderExcluir