domingo, 22 de abril de 2012

CONQUISTADA?


Tenho em mim
Todos os olhares
Desejos, venenos, salivares,
Entregas e viagens
Ardo conforme a musica
Toco-me com a mesma mão
Exponho-me, desejada
Não me basta a tua libido
Não me movem tuas imoralidades
Ainda que doces, ofensas
Preciso, na mesma intensidade,
sentir, ofegar, querer
Faz-me, por um momento,
unicamente necessária
Não gosto de chavões,
mas atitudes
Ajo conforme a reação
Sopre veneno no ar,
com mágico perfume
(a inocuidade é sua)
Inocente inalarei, indefesa
Fugida, fera ferida
Inoculado será,
Antídoto meu, fortalecido e letal
E teu fim será real...

Vera Celms
Licença Creative Commons
O trabalho CONQUISTADA de Vera Celms foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário