domingo, 13 de junho de 2010

PAREI...


Se está lendo isso,

creia, meu barco naufragou,

foi a pique...

O vento passou,

Rodou e levou,

Derrubou tudo

Sonhos, planos e frutos,

Fiquei, de repente, sem ar,

Sem horizonte,

Sem visão e sem sensação...

Sem sudorese ou arrepio,

Sem vontade e sem passagem,

O céu fechou,

Meus membros foram atados,

A porteira trancou por fora,

O meu reino foi destronado,

Meus deuses foram deturpados,

Meus olhos arrancados,

Minhas vísceras foram extirpadas,

Minha alma escapou boca a fora,

Meu chão desapareceu,

Minha fé não tem sido vista,

Conheci enfim,

Uma experiência de quase morte,

Desisti... de tudo,

Agora, volta pra mim?

Vera Celms

Nenhum comentário:

Postar um comentário