domingo, 9 de maio de 2010

NECRO



Em todos nós tem muito de vida,

Tem muito de movimento,

Tem muito de morte,

Em cada um...

A mim atrai as coisas do além,

ocultas, lúgubres,

não sôfregas,

mas por enigmáticas,

não pelo sombrio,

mas pela luz que representam,

morrer é nascer para a vida,

longe do invólucro que protege,

ou que esconde,

ou que ornamenta,

mas, pra vida de verdade,

do que é pra sempre,

do que é capaz de voltar,

do que é capaz de continuar,

mas ainda, não de explicar,

de se entender,

pra mim atrai o morrer,

o corpo sem vida,

a matéria que fica matéria só...

sepultada, sem medos,

sem mácula, trôpega,

desmanchada da alma,

arroxeada, dura,

pronta ao decompor,

expirada, e só.


Vera Celms


Um comentário:

  1. SENTIR PRIMEIRO


    Sentir primeiro, pensar depois
    Perdoar primeiro, julgar depois
    Amar primeiro, educar depois
    Esquecer primeiro, aprender depois
    Libertar primeiro, ensinar depois
    Alimentar primeiro, cantar depois
    Possuir primeiro, contemplar depois
    Agir primeiro, julgar depois
    Navegar primeiro, aportar depois
    Viver primeiro, morrer depois

    (Mário Quintana) Obrigado amiga por vc na minha vida te adoro... beijos...

    ResponderExcluir